Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

29/10/2008

AVALIAÇÃO CONTÍNUA: É um conflito de gerações, digamos assim. (actualizado)

«Eu sou, digamos assim, da geração Kennedy. Essa eleição representou já um momento histórico. Lembro-me do debate que houve na América quando, pela primeira vez, um católico se candidatou a presidente.» (José Sócrates ao DN - lido primeiro aqui)

José Sócrates nasceu em 1957. John Fitzgerald Kennedy nasceu em 1917, foi eleito em 1960 e assassinado em 1963. Quando teve lugar o tal debate estava José Sócrates a caminho dos 3 anos.

Tal recordação vale-lhe 3 chateaubriands pelo prodígio de memória e 4 bourbons por não conseguir deixar de nos contar estas estórias.

[Na foto do «Menino de Ouro do PS» de Eduarda Maio, Sócrates entre os seus irmãos na praia da Figueira da Foz, eventualmente no intervalo do célebre debate Kennedy-Nixon no final da época balnear de 1960]

Sem comentários: