Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/12/2006

ARTIGO DEFUNTO: fazer o lugar do outro

Via Abrupto, cheguei a esta inacreditável recomendação da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Não faço a menor ideia sobre quem são e, sobretudo, o fazem pela vida as luminárias do Conselho Regulador, mas a recomendação que produziram podia perfeitamente ser escrita por um qualquer gabinete de comunicação dum qualquer partido.

Fiquei desapontado porque «o Conselho Regulador dá por encerrado este "diálogo", tão picaresco como pouco edificante», segundo as suas próprias palavras. Tão pouco edificante quanto bastante esclarecedor sobre o propósito da coisa chamada ERCS. Tivesse a coisa sido filha do cérebro daquele desajeitado braço direito do doutor Santana Lopes para os mídia, cujo nome não recordo, e teríamos a horda do jornalismo de causas assediando as canelas das luminárias da ERCS.

Sem comentários: